16 outubro 2008

Esse Elvis...

Olha, eu vou contar uma coisa para vocês: esse tal de Elvis é danado mesmo. Quando você acha que já ouviu todas as músicas dele, você acaba descobrindo mais uma obra-prima. Hoje foi assim. Eu acho que já tinha escutado I'll never know. Acho. Mas, por via das dúvidas, repeti mil vezes (ok, deve ter sido só umas 100) das 10h às 13h enquanto estava trabalhando e acompanhava o player do site do fã clube muito bem gerido pela Jacquie - uma das pessoas que fazem um grande trabalho em divulgar o trabalho do Rei (eu não me canso de dizer isso).

Cheguei em casa e corri pros meus CDs. Não tenho ela na minha modesta discografia de Elvis.

Pedi para moinho baixar pelo Soulseek e não paro de ouvir desde que cheguei da academia (e isso já tem umas três horas).

Me digam: como é que a voz de Elvis parece cada vez melhor?

A impressão que tenho é de que não há música com ele que a gente possa sequer pensar que tenha ficado feia.

Em I'll never know, ele parece se superar. Nossa!

Me deu uma saudade de Elvis, de Memphis...

Uma vontade de poder voltar no tempo, mudar a história, proporcionar um encontro meu com ele no qual eu colocaria a cabeça dele no meu colo para fazer cafuné.

Como não é possível, eu sigo ouvindo I'll never know.

Eis a letra:

(Words & music by Karger / Wayne / Weisman)

How many stars are in the sky, I'll never know
What fire lights a firefly, I'll never know

What happens to this heart of mine each time you hold my hand
Sometimes the things we love the most
We never understand
I never thought these eyes would see an angel's glow
What miracle brought you to me, I'll never know

What happens to this heart of mine each time you hold my hand
Sometimes the things we love the most
We never understand
I never thought these eyes would see an angel's glow
What miracle brought you to me, I'll never know
What miracle brought you to me, I'll never know

Você pode encontrá-la, por exemplo, no Love Letters e na edição especial do That's the way it is.

1 Comments:

At 24 outubro, 2008, Blogger Mandy said...

Adoro essa música! Conheci-a em Love Letters (adoooro esse CD!)
Quer dizer que vc também foi pra Graceland esse ano?

 

Enviar um comentário

<< Home